Bariloche

San Carlos de Bariloche é um dos centros turísticos mais importantes da Argentina. O Segredo: uma cidade estilo montanhês, o grande Lago Nahuel Huapi, um bosque único em todo o mundo e com uma ampla oferta hoteleira. A cidade se diferencia pelas suas características arquitetônicas e por estar localizada em uma região privilegiada pela beleza paisagística, constituídas por cerros, bosques, lagos, geleiras e exuberante flora.

ABRIL A JUNHO - 08 DIAS
TIPO DE TRANSPORTE: AÉREO
DURAÇÃO DA VIAGEM: 08 DIAS / 07 NOITES

1° dia - Cidade de Origem / Bariloche
Apresentação no aeroporto da cidade de origem (com no mínimo 3 horas de antecedência) para embarque em voo com destino a San Carlos de Bariloche, fazendo conexões, escalas e/ou troca de aeroporto conforme voos escolhidos. Chegada em Bariloche, porta de entrada para a região da Patagônia Argentina, enquadrada num cenário bucólico de lagos, montanhas com picos de neve eterno, localizada as margens do Lago Nahuel Huapi e no inverno do hemisfério sul, importante centro de ski.
 
2° dia - Bariloche
Dia livre. Sugerimos o tour opcional Circuito Chico & Cerro Catedral: é uma das excursões mais tradicionais de Bariloche. Inclui um extenso passeio pela área municipal de Ejido (rodeada pelo Parque Nacional Nahuel Huapi) e pelo Parque Municipal Llao Llao. A viagem começa em Bariloche, na Av. Bustillo, na fronteira com o Lago Nahuel Huapi. Na altura de km. 8 é Playa Bonita, apreciando a partir daí Huemul Island, 10 km. Mais tarde, depois de atravessar paisagens diferentes, chegamos ao pé do Cerro Campanario. Da base, um teleférico ascende a seus visitantes a 1500 m.s. No topo é uma confeitaria e um terraço e sobre ele você pode admirar uma das vistas mais completas e belas em todo sobe: os Lagos Nahuel Huapi e Perito Moreno. Laguna El Trebol. Penínsulas Llao Llao e San Pedro, Victoria Island. Cerros Otto, López, Goye e Catedral e a cidade de San Carlos de Bariloche. Retornando então a rota pela Av. Bustillo, até a altura do Club Regatas no km. 20 você entra na Península de San Pedro. Depois disso, atingimos a altura de km. 23 para a cidade de Llao Llao, onde a Capilla San Eduardo, jóia da arquitetura regional e do Grand Hotel Llao Llao, verdadeiro símbolo do lugar e da obra do grande arquiteto Alejandro Bustillo, que foi inaugurado em 1939. No Lago é observado o importante e pitoresco Pto. Pañuelo. A partir daqui, a estrada entra na Península de Llao Llao. Depois da fronteira com o Lago Escondido, em km. 33, a estrada passa sobre a ponte do Córrego Angostura, união dos Lagos Moreno com Nahuel Huapi. Passando pela Baía de López, no sopé da colina homônima, chegamos a Punto Panorámico a km. 40 a 945 m.s.m., onde você pode apreciar a majestade da paisagem que compõem o Lago Moreno e a península Llao Llao. Na fronteira com o Lago Moreno você alcança a ponte que lhe permite atravessar este lago e, em seguida, percorrer a margem da Lagoa El Trébol e no km. 45 link com a jornada inicial e retorno a Bariloche. O Cerro Catedral é o centro de esqui mais importante do hemisfério sul. Partindo da cidade pela Av. Bustillo, até km. 8, um desvio de 11 km. permitirá que você chegue a este centro que tem a visão panorâmica mais importante desta área. A visita deste importante centro de esqui de nível internacional é outra das atrações tradicionais de Bariloche, especialmente durante a temporada de inverno, embora permaneça aberta todo o ano para a sua visita. Oferece uma infra-estrutura de serviços ampla e variada para praticar todos os tipos de esqui e outros esportes de inverno. Hospitalidade, gastronomia e uma variedade de lugares satisfazem os gostos e necessidades dos esquiadores e turistas que chegam a cada ano. Para escalar o Cerro Catedral, há duas empresas e um teleférico para pedestres. No final de algumas seções, você pode reabastecer a energia nas confeitarias e restaurantes que estão lá.
 
3° dia - Bariloche
Dia livre. Sugerimos como opcional o passeio Cerro Tronador & Glaciar Negro: uma viagem com vistas típicas da região e atravessa a Pampa de Huenuleo para chegar ao Lago Gutiérrez, beirando arroios e costeando o Lago Mascardi. Atravessando a ponte sobre o rio Manso, começamos a aventura da maravilhosa paisagem que tem o entorno do Tronador até chegar a Pampa Linda. Logo atravessaremos uma parte do Valle dos Vuriloches e finalmente chegaremos ao Glacial Rio Manso, comumente chamado geleira preta, por estar coberta de terra, areia e pedras. O percurso termina aos pés do Morro Tronador onde a través de um Sendero pode chegar a um grã anfiteatro rochoso chamado Garganta do Diabo, que possui um espetacular fio de água que cai desde a altura produto do desgelo. A Cascada Los Alerces é uma variante da excursão do Tronador.
 
4° dia - Bariloche
Dia livre. Sugerimos como opcional o passeio Villa La Angostura & Cerro Bayo: Pela rota nacional 237 com direção ao este chegamos até o Rio Limay , onde se observa a paisagem típica da Patagônia. Neste ponto está o desvio que pela rota nacional 231 leva até Villa La Angostura, recorrido que implica beirar o Brazo Huemul do Lago Nahuel Huapi e passar pela frente da Bahia Manzano, onde o viajante estará rodeado por bosques de ciprestes, que paulatinamente darão passo ao bosque úmido. La Villa, esta localizada sobre a costa norte do Lago Nahuel Huapi e apresenta diferentes atrativos: O porto, a histórica morada presidencial El Messidor, a Laguna Selva Triste e a Capela La Asunción. O passeio tem como opção, na volta, a ascensão ao Morro Bayo, lugar onde se localiza o tradicional centro de esqui de Villa La Angostura.
 
5° dia - Bariloche
Dia livre. Sugerimos como opcional o passeio Navegação Ilha Victoria & Bosque de Arrayanes: A viagem começa a partir de Puerto Pañuelo em Llao Llao. Pode ser alcançado pela Av. Bustillo de carro ou de ônibus que, para o efeito, as agências correspondentes e autorizadas usarão. Depois de velejar uma hora e quarenta, chegamos a Puerto Anchorena, na Ilha Victoria. Esta ilha é a mais extensa do Lago Nahuel Huapi. É possível caminhar ao redor da ilha, visitar o ex-viveiro de coníferas e uma série de mirantes naturais, bem como visitar seus numerosos lagos e suas quatro portas e desfrutar a presença da única colônia de cormorões de água doce, Cormorões, faisões, pavões, pica-paus e beija-flores imperiais. Esta ilha representa uma reserva natural importante que também contém pinturas rupestres com uma idade de mais de 500 anos. Então você embarcará novamente para ir a Puerto Quetrihue, na península do mesmo nome, onde você pode visitar o mundialmente famoso Bosque de Arrayanes. É uma formação arbórea única no mundo com espécimes centenários. A casca desta árvore é fria, completamente lisa e bronzeada. Tem flores brancas semelhantes a flor de laranjeira e frutos violeta com um sabor agradável. A floresta de Arrayanes foi declarada Monumento Natural. Após a caminhada guiada, retornamos a Puerto Pañuelo.
 
6° dia - Bariloche
Dia livre. Sugerimos como opcional o passeio El Bonson & Lago Pueblo: percorreremos 124 km. Pela rota Nac. 258, passando pela beira do Lago Gutiérrez, Lago Mascardi e mais a frente ao Lago Guillelmo. Depois de atravessar a Pampa do Toro, o Canhao do Rio Mosca e El Foyel, esta excursão de dia inteiro, nos leva à localidade de El Bolsón, (a bolsa) cujo nome é precisamente pela sua localização geográfica, dado a que encontra-se a só 300 msn. É um encantador povoado localizado no fértil Valle Nuevo, rodeada pelo cordão Nevado Leste e o Morro Piltriquitrón ao este da vila. Possui um micro-clima especial para a produção de frutas finas e lúpulo, ao que se adicionam os tradicionais artesanatos tais como a elaboração de docinhos, trabalhos em couros, madeira e tricô aumentando assim seu atrativo para o turista, visitando a típica Feira Regional de Artesanato. Mais na frente, atravessando fazendas e cultivos, chegamos à Província do Chubut, atravessando o limite provincial, passando pela Las Golondrinas, na base do Morro Piltriquitrón até chegar ao El Hoyo de Epuyén, onde recorreremos a "Chacra del Monje", com uma produção própria de doces caseiros e mel de abelhas. Por ultimo será visitado o Lago Puelo, de águas cor esmeralda, para voltar a Bariloche.
 
7° dia - Bariloche
Dia livre. Sugerimos como opcional o passeio Navegação Puerto Blest & Cascata de los Cantaros: este passeio possui o encanto daqueles cantinhos da natureza, que toda pessoa sonha em conhecer. É um ponto estratégico e obrigatório para fazer a travessia dos Lagos Andinos ao Chile. Começamos em Porto Pañuelo (lenço) onde pegaremos o barco que vai navegar as aguas do braço Blest da Lagoa Nahue Huapi, com uma paisagem semelhante aos clássicos fiordes norueguês e os impactantes canais Fueguinos; admiraremos os Morros Capilla e Millaqueo e avistaremos a Ilha Centinela, lugar de descanso dos restos de Perito Moreno, fundador dos Parques Nacionais Argentinos. Passando pela Cachoeira Blanca (branca) e depois de uma hora de navegação chegaremos ao Porto Cantaros, subiremos por uma trilha com degraus que vai beirando a Cachoeira Los Cantaros, atravessando um entorno em plena selva úmida Valdiviana, ate chegar a lagoa Los Cantaros, este belíssimo espelho de água que inclusive fica congelado em alguns períodos da época invernal. Navegaremos novamente até o outro lado da ribeira da lagoa, desembarcando em Porto Blest, onde fica a pousada e camping do mesmo nome, onde será a parada para o almoço. Dentro desse passeio terão a opção de conhecer o Lago Frias (venda opcional), pegaremos um ônibus desde Puerto Blest até Puerto Alegre (3 km) para navegar neste belíssimo lago, no meio de uma paisagem com a floresta e no que sobressai o cume branco do Morro Tronador, chegaremos ao Puerto Frias (onde fica a alfandega para os passageiros que fazem a travessia ao Chile), desembarcaremos por uns minutinhos pra conhecer o lugar e logo iremos de volta para o retorno a Bariloche, depois de curtir desta viagem maravilhosa.
 
8° dia - Bariloche / Cidade de Origem
Verificar horário de check-out no hotel. Apresentação no aeroporto para voo de retorno, com no mínimo 03 horas de antecedência ou conforme orientado pelo receptivo.


Documentação
- Passaporte válido ou carteira de identidade original emitida pela Polícia Civil (SSP).
- Menores de 18 anos devem viajar acompanhados do pai e da mãe que constam no passaporte. Para viajar desacompanhado ou na companhia de apenas um dos pais é necessária a autorização no Juizado de Menores.
 

SERVIÇOS
Pacote Inclui:
- Passagem aérea;
- 07 noites de hospedagem conforme escolha.
- Transfer de chegada e saída

Pacote Não Inclui:
- Gastos de natureza pessoal, extras nos hotéis, documentos.
- Passeios opcionais e qualquer outro serviço que não esteja citado como incluído no roteiro.
- Passeios exclusivos.

Uma viagem é sempre um convite para vivenciar EXPERIÊNCIAS ÚNICAS. E nós sabemos disso, por esse motivo em 1993, fundamos a ZZZ Tour. Uma empresa com o objetivo de satisfazer a demanda por um serviço de qualidade e excelência na área do turismo.

Há mais de 25 anos especialistas em Viagens
Newsletter
zzztour@zzztour.com.br
Endereço: Rua Tiradentes, 990 sala 01 Cep: 99010-260 – Passo Fundo/RS
Copyright © 2018 ZZZ TOUR Agência de Viagens e Turismo

Olá!

Como podemos ajudar?

Atendimento

(54) 99714-3991