Cinco mil anos de história, gastronomia grega

Com mais de cinco mil anos de história, a culinária grega tem como ponto marcante o uso de ingredientes naturais, preservando o sabor, o aroma e as cores vibrantes dos alimentos.

Berço da humanidade, em cinco milênios de história a Grécia recebeu muitas influências e, principalmente, levou sua cultura para regiões vizinhas ou que estiveram sob seu domínio. Ponto médio entre o ocidente e o oriente, o país incorporou a sua gastronomia características especialmente da Itália, Turquia e Arábia, como, inclusive, refletem os nomes de alguns pratos.

A base da culinária é o azeite de oliva, um dos ingredientes mais marcantes. Em seguida vem os peixes e frutos do mar, como marisco, polvo e lula, e carnes de cordeiro, suína, cabras, ovelhas, cabritos, frango e coelhos.

Os pratos gregos deixam os turistas com água na boca. A gastronomia grega que deve ser apreciada e o principais alimentos, bebidas e pratos típicos são:

Iogurte e mel - o mundo inteiro e as prateleiras de supermercados já sabem que o iogurte grego é um dos melhores que existem. Qual a diferença do iogurte comum? É menos doce, mais grosso e cremoso, contém muito mais proteína. Em geral, os gregos comem o iogurte com mel e frutas secas. Nos hotéis no café da manhã é normal encontrar as favas de mel e o delicioso iogurte.

      

Queijo Feta - é provavelmente o queijo mais famoso da Grécia: coalhado, feito com leite de cabra e ovelha, tem uma cor esbranquiçada e uma textura meio diferente, meio granulada. Você encontra o Feta em diversos pratos da culinária grega, como a famosa salada grega e tortas de massa folhada e o queijo assado ou frito.

         

Xoriatiki - salada grega preparada com tomate, pepino, pimentão, cebola, azeitona e queijo feta.

Moussaka - uma espécie de lasanha com camadas intercaladas de berinjela grelhada, molho bolonhesa (feito com carne de carneiro, cravo e canela), cobertos com bechamel temperado com noz moscada, gratinado ao forno. 

Gemista - em grego, significa recheado, e é exatamente a explicação para esse prato: tomate ou pimentão recheados com arroz e cozidos com molho e azeite. É uma receita bem simples, mas deliciosa, muito por conta do tempero.

Souvlaki e Gyros - a versão grega para o fast food. Você acha para todos os lados. O Souvlaki é tipo um churrasquinho de frango ou porco, servido no prato ou no pão pita com molho, salada e batata frita. Já o Gyros é exatamente igual o tradicional kebab turco, com a diferença que eles também usam porco para aquela carne enorme que fica girando na vertical – aliás, o nome Gyros vem daí. Também vem no pita, com salada e molhos.

     

Dolmades - são cartuchos, rolinhos de videira com recheados. É um componente tradicional da cozinha grega, enquanto os ingredientes para o recheio podem variar um pouco entre arroz e carnes, o envoltório para as dolmades é tradicionalmente com folhas de videira, no entato, considera-se aceitável a utilização de folhas de couve.

Baklava - é o típico doce grego pode-se encontrar em várias formas: massa folhada, tipo pastel ou envolvida em massa cabelo de anjo feita com uma pasta de nozes trituradas banhada em água de rosas ou mel, existindo variedades que incorporam pistache, avelãs e sementes de sésamo, papoila ou outros grãos.

     

Bebidas

O Uzo, ou Ouzo, é a bebida típica da Grécia, destilado do álcool feito com base de anis, que fica branco quando misturado com água. O Uzo pode chegar até a 50% de concentração alcoólica. Eu não sou muito fã de anis e preferi o Tsipouro, que dizem ter dado origem a produção do Uzo, já que começou a ser feito pelo monges ortodoxos do Mt Athos. O Tsipouro também é bem forte e pode ser tomado misturado com água.

     

Os vinhos gregos estão entre os de maior personalidade do mundo e entre os que mais combinam com comida. As melhores castas nativas podem produzir tão extraordinários e elegantes que não se pode imaginar que a Grécia seja um país quente.

Por sua característica vulcânica, a ilha de Santorini tem uma forma peculiar de plantar as uvas. No lugar das parreiras, que são comuns na maioria das vinícolas pelo mundo afora, as uvas de Santorini são plantadas em espécies de ninhos grudados ao solo, para aproveitar o calor e os minerais vindos do terreno vulcânico.

         

O destaque fica por conta dos vinhos brancos produzidos através da uva Assyrtiko, ótima opção para tomar geladinho e se refrescar no calor do verão grego. Mas também se destacam as uvas Atiri e Andini, todas cultivadas no mesmo solo. Ainda outro destaque é o Vinsanto, vinho doce para sobremesa, que é considerado uma das especialidades da ilha.

Uma viagem é sempre um convite para vivenciar EXPERIÊNCIAS ÚNICAS. E nós sabemos disso, por esse motivo em 1993, fundamos a ZZZ Tour. Uma empresa com o objetivo de satisfazer a demanda por um serviço de qualidade e excelência na área do turismo.

Há mais de 25 anos especialistas em Viagens
Newsletter
zzztour@zzztour.com.br
Rua Independência nº 420 sala 01 - Centro - Passo Fundo - RS - Brasil
Copyright © 2018 ZZZ TOUR Agência de Viagens e Turismo